yourdisqusshortnamehere
c
Loading...

Exemplo para a família de Lula: gari entrega o próprio filho ladrão e dá lição de vida na delegacia

PUBLICIDADE Continue lendo

Quando um filho aparece em casa com um tênis caro, relógios ou qualquer outro objeto suspeito e não condizente com a sua renda, qualquer chefe de família honesto trata logo de esclarecer os fatos. Em várias circunstâncias, o próprio pai procura a justiça em companhia do filho delinquente. Este tipo de comportamento é tão comum em várias delegacias do pais, que poucos casos viram notícia. 

Vale como exemplo um roubo que ocorreu no bairro Buritis, na região oeste de Belo Horizonte.Indignado e triste em ter descoberto que o filho adolescente de 14 anos assaltou uma creperia na companhia de um amigo, o profissional da área de limpeza denunciou o garoto e o levou pessoalmente até o distrito policial.

Pai de quatro filhos, o gari disse que sempre os aconselhou a estudar e trabalhar.

“Eu trabalho de sol a chuva no caminhão de lixo e não concordo que ele faça isso. Não tem necessidade dele fazer isso e, inclusive, eu estou até com vergonha porque eu fico triste né de ver ele fazendo uma coisa dessa. Dói, está doendo mesmo. Está apertando o meu coração”, disse o gari, que protagonizou mais uma curriqueira lição de vida em delegacia da capital mineira.

O caso do gari mineiro seve de exemplo para o ex-presidente Lula, que teve dois filhos denunciados em vergonhosos esquemas de corrupção. O agravante é que os dois usaram a influência do pai e se tornaram milionários da noite para o dia. Ao contrário do gari de Belo Horizonte, Lula foi supostamente cúmplice das falcatruas dos filhos.

Fonte: Síntese News
Sergio Moro 7697903329779375250

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item