yourdisqusshortnamehere
c
Loading...

Dilma propõe vaquinha para continuar viajando pelo país e evitar risco de calote em jatinhos

PUBLICIDADE Continue lendo

A presidente afastada Dilma Rousseff já deixou de comparecer à vários "compromissos" após a restrição de uso de aviões da FAB imposta pelo governo Temer. Nesta segunda, 21, ela deixou de comparecer ao lançamento de um livro sobre o impeachment em SP. Sua presença estava confirmada.

Dilma não viaja sem o seu staff que conta com pelo menos dez assessores, entre médico, jornalistas, fotógrafo e seguranças. Até agora, a presidente afastada contava com a ajuda do PT, que pagou apenas uma viagem, há duas semanas, para um encontro com militantes do partido em Campinas. Mas a conta veio salgada e o partido avisou que não vai poder bancar a petista, já que também se encontra em dificuldades financeiras, assim como o Instituto Lula. As "torneiras" das empreiteiras secaram e Lula não tem feito mais palestras.


Para contornas o problema, a equipe de Dilma Rousseff está preparando uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) para arcar com os custos das viagens que a petista pretende fazer pelo Brasil. Crowdfunding é uma espécie de vaquinha virtual. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha.
Sergio Moro 1872232925081655578

Postar um comentário

  1. Os mortadelas fanaticos são capazes de deixar de comer pra pagar avião pra quadrilheira viajar.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item