yourdisqusshortnamehere
c
Loading...

STF impõe 5 derrotas a Dilma e ao PT em 8 horas. Vai ter impeachment domingo

PUBLICIDADE Continue lendo

Quando até o pensamento na cabeça de juízes se torna previsível, é por que o bandido é barra pesada. A presidente Dilma Roussef e o PT sofreu nada menos que cinco derrotas em outros horas de julgamento no Supremo Tribunal Federal, STF.

Além do mandado de segurança da AGU e da ação direta de inconstitucionalidade do PCdoB, o governo também tentou se proteger através de outras ações três impetradas pelos deputados Weverton Rocha,  Rubens Pereira Júnior,  Paulo Teixeira e Wadih Damous, todos questionando o rito ou requerendo a suspensão da votação do impeachment.


Na mais importante das ações, o STF rejeitou o pedido da presidente Dilma Rousseff, feito através do mandado de segurança impetrado pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, pedindo para suspender a votação do processo de impeachment no plenário da Câmara, marcada para domingo (17).

O julgamento de cinco ações impetradas por Dilma, pelo  PT e por aliados do governo foi finalizado no início da madrugada desta sexta-feira, 15. Todas foram derrubadas pela maioria dos ministros.

Esta era a única chance que a presidente Dilma Rousseff tinha para impedir o início do processo que dará início ao encaminhamento da votação no plenário da Câmara, onde até hoje o governo ainda não havia conseguido reunir o número mínimo de votos, 171, para impedir a abertura do processo.
PT 6728269797485553438

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item