yourdisqusshortnamehere
c
Loading...

O "rapaz" gritou, berrou, babou mas não sensibilizou deputados da Comissão Especial do impeachment

PUBLICIDADE Continue lendo


O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo afirmou que “Somente em situação extrema no presidencialismo se admite a cassação do mandato do presidente da República”, como se a atua situação do país fosse a da mais perfeita normalidade.


Cardozo afirmou também para os membros da comissão que processo contra Dilma é uma 'vingança' pessoal de Eduardo Cunha.

Na ausência de mais argumentos, Cardozo tentou encher linguiça, discorrendo longamente sobre as diferenças entre o sistema presidencialista e o parlamentarista, numa espécie de aula para a turma errada.

Entre as besteiras que falou e berrou, é possível destacar algumas, como:

"Não há nenhuma ilegalidade a ser imputada à presidente"

"há 'desvio de finalidade' em processo aberto contra Dilma"

“Não se afasta politicamente um presidente eleito"

somente o Supremo Tribunal Federal (STF) pode “julgar originalmente o presidente da República”

"Se Dilma for punida pelas pedaladas, inúmeros governadores e prefeitos deverão sofrer a mesma pena por agir de forma igual"

"Mesmo que houvesse ilegalidade na expedição dos decretos, o presidente tendo os submetido à área técnica, não pode ser responsabilizado com a pena do impeachment."


Mas não poderia deixar de soltar a pérola petista, quando afirmou que o processo de impeachment precisa apontar crime de responsabilidade claro. Caso contrário, segundo ele, trata-se de um “golpe de Estado”.

Por fim, Cardozo deu a situação por esclarecida e devidamente resolvida;

A defesa de Cardozo foi tão fraca e previsível que decepcionou inclusive os parlamentares da base governista. Não conseguiu empolgar nem mesmo os aliados do governo com seus argumentos. Os membros da oposição demonstraram claramente o constrangimento com tanta falta de noção do ridículo do "rapaz"
Política 4372634735620907029

Postar um comentário

  1. Esse não serve nem para Advogado do PT . Muito fraco na argumentação! Assim ele vai condenar a mulher saphiens a renunciar @

    ResponderExcluir
  2. Para mim ele falou, deu aula, berrou e não disse nada de novo. Sei que pintou a presidente bandida como inimputável e quem falasse outra coisa era golpista e falou em tom ameaçador. Esses mafiocratas tem que sair do governo, mas pelo jeito vão ter que ser arrancados como ervas daninhas.

    ResponderExcluir
  3. Para mim ele falou, deu aula, berrou e não disse nada de novo. Sei que pintou a presidente bandida como inimputável e quem falasse outra coisa era golpista e falou em tom ameaçador. Esses mafiocratas tem que sair do governo, mas pelo jeito vão ter que ser arrancados como ervas daninhas.

    ResponderExcluir
  4. O que eu sei é que ele falou muita merda.....colocou no ventilador, com cara de sabe tudo,imponente, dono do saber e do futuro!!!..... e ligou em forca total.... e espalhou a porra toda...pra todos os cantos....suas mensagens distorcidas causaram todo tipo de despautério... Ao se chover com a realidade....a sensação é que o planalto está dentro da terra do nunca..alucinados..tentando achar uma saída apenas.,..são um bando de loucos...alienados...

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Isso é estratégia. Falar despautérios transloucados e cuspir todo tipo de argumentos vazios faz parecer um discurso inflamado e sentimental para os milhares de militantes burros e analfabetos. Para os esclarecidos e intelectuais (fora aqueles que receberam bolsa rouanet) não passou de um punhado de asneiras repetitivas.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item