yourdisqusshortnamehere
c
Loading...

Lula se une a Eduardo Cunha e escala Wadih Damous para melar a Lava-Jato

PUBLICIDADE Continue lendo

A Operação Lava Jato se tornou alvo de uma agressiva ofensiva política. A investida que está em curso é liderada pelo Pit Bull de Lula, o deputado Wadih Damous (PT-RJ) e conta com o suporte do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.  O trio atua com o objetivo de esvaziar ou abrandar as investigações sobre o esquema de desvios de recursos e pagamento de propina na Petrobras.

O projeto do PT de mudar a lei de delação premiada visa dificultar novos acordos, já que defende que uma delação premiada só poderá ser firmada com pessoas em liberdade e exige que a acusação formal de suspeitos deixe de ter fundamento apenas nas declarações do delator, ou seja, invalida qualquer delação. A mudança proposta pelo PT também estabelece a exigência de sigilo sobre a identidade das pessoas mencionadas e ainda cria penas de até quatro anos de prisão para quem vazar o teor das delações.

 Veja abaixo um vídeo com uma matéria rápida do Valor Econômico sobre o tema:


Sergio Moro 8517348189154422862

Postar um comentário

  1. DECHEM A VIA TORTUOSA E OBSCURA DA ISQUIERDA E TOMEM A VIA DIREITA PARA CHEGAR A UMA SOLUÇAO E SEM MEDO.

    ResponderExcluir
  2. DECHEM A VIA TORTUOSA E OBSCURA DA ISQUIERDA E TOMEM A VIA DIREITA PARA CHEGAR A UMA SOLUÇAO E SEM MEDO.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item