yourdisqusshortnamehere
c
Loading...

Dilma volta a falar em golpe, se diz uma vítima e tenta desacreditar ministros do STF

PUBLICIDADE Continue lendo

A presidente Dilma Roussef fez uma grave declaração à imprensa internacional poucas horas após seu pronunciamento na Assembléia da ONU em Nova York.

Ao jornalistas estrangeiros, Dilma voltou a recorrer a narrativa em que se diz vítima de um golpe e afirmou que as pessoas ficaram com medo que ela chamasse a todos de golpistas durante seu pronunciamento na ONU.

- "Eles temem ser chamados de golpistas por que são golpistas. Dizer que não é um golpe é incorreto" Voltou a afirmar a presidente. Logo em seguida, Dilma foi questionada sobre sua insistência em afirmar que o que ocorre no Brasil é um golpe, quando todas as instituições do país acompanham todo o processo justamente para impedir que ocorra alguma ilegalidade contra ela.


Um jornalista chegou a lembrar que três ministros do Supremo Tribunal Federal chegara a se manifestar sobre o assunto, afirmando ser uma atitude irresponsável chamar um processo legal de golpe. Dilma ficou extremamente irritada e atacou os ministros a que o jornalista se referiu:

- Não é a opinião do Supremo. É a opinião de três ministros. São apenas três ministros. E são ministros que não deveriam dar opinião porque vão me julgar - afirmou Dilma, sugerindo uma espécie de censura aos ministros.
PT 5504553354207862923

Postar um comentário

  1. Não faz sentido o que ela fala,porque tem confirmado que a democracia está firme e todas as instituições estão funcionando! Então não se trata de um GOLPE e, sim o que está previsto na carta magna!

    ResponderExcluir
  2. O brasil falido, detonado, povo desempregado, empresas falias,a cada segundo Dilma desviando dinheiro público para seu benefício e ainda o impeachment é golpe...

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item