yourdisqusshortnamehere
c
Loading...

Documentos comprovam repasses de dinheiro roubado da Petrobras para marqueteiro de Dilma

PUBLICIDADE Continue lendo

A Operação Lava Jato chegou definitivamente ao lamaçal da campanha presidencial de Dilma Rousseff. O juiz Sérgio Moro, responsável pela operação, foi bastante meticuloso em todo o processo que tem tirado o sono de Dilma. Em 2014, Moro seguiu as pistas fornecidas pelo ex-gerente da estatal e delator Pedro Barusco, que forneceu uma lista de suspeitos. Na ocasião, Moro determinou a expedição de mandados de busca e apreensão contra operadores de propina que atuavam na Petrobras. Na lista fornecida por Barusco, uma das peças chave do quebra cabeças: Zwi Skornicki, Lobista de um estaleiro e dono de uma empresa Offshore.

Barusco confirmou que Skornicki repassou propina para o PT, negociada com João Vaccari Neto, o ex-tesoureiro do partido preso em Curitiba há quase um ano. A confissão de Barusco levou os investigadores a fazer uma batida policial na casa de Skornicki, o que se revelou um tiro certeiro, com desdobramentos ainda imprevisíveis. Foram recolhidos ali documentos que levaram a Lava Jato até o marqueteiro João Santana, responsável pelas campanhas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006 e da presidente Dilma Rousseff, em 2010 e 2014.

Os documentos obtidos pela Polícia Federal comprovam que  conta secreta do marqueteiro de Dilma foi abastecida por Skornicki e pela Odebrecht. Foram US$ 7 milhões, cerca de R$ 30 milhões, depositados entre setembro de 2013 e novembro de 2014, sendo US$ 1,5 milhão em três parcelas no período em que o marqueteiro trabalhava exclusivamente para a campanha de reeleição de Dilma à presidência.

Tanto o dinheiro repassado para o marqueteiro de Dilma pelo operador Zwi Skornicki quanto o dinheiro repassado pela Odebrecht são provenientes de desvios da Petrobras, através de contratos superfaturados. Dilma está cada vez mais encurralada pelo avanço das investigações da Operação Lava Jato, que aos poucos, vai asfixiando a presidente e a suposta rede de corrupção por trás de suas campanhas eleitorais.
Operação Lava Jato 6066125101013253239

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item